Notícias

O evento será aberto ao público e vai acontecer no dia 27, das 8 às 17 horas, no Teatro Candinha Dórea

Durante uma reunião nesta quinta-feira, 15, na sede da Associação Comercial, em Itabuna, com o titular da Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, os representantes de entidades itabunenses manifestaram apoio a realização do Salão do Empreendedorismo que vai acontecer dia 27 desse mês, em Itabuna, no Teatro Candinha Dórea. O evento é uma realização do Governo do Estado, por meio da Setre e a parceria da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

A iniciativa visa promover ações de qualificação e micro crédito aos empreendedores de Itabuna e região. Para isso, Davidson destacou a importância de articulação com as instituições que desenvolvem ações junto ao empreendedor. “Será uma oportunidade para que instituições, prefeituras e empreendedores tenham acesso a essas políticas, pois muita gente não sabe que tem políticas de qualificação disponibilizados pelo próprio Governo do Estado para empreendedores”.

O vice-presidente da ACI, Carqueija Júnior apoiou a ideia com a proposta de unir forças, somando às ações que a entidade já está desenvolvendo, de fomento ao empreendedorismo e de orientação aos micro e pequenos empreendedores, através do Programa Empreender. O programa já conta com a participação de empresários nos núcleos de padarias, mulheres empreendedoras e jovens empreendedores.

Da mesma forma, o presidente da Associação de Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano - Amurc, Aurelino Cunha, parabenizou a iniciativa da Setre, de envolver diversas instituições em prol do desenvolvimento no âmbito regional. O secretário executivo da entidade, Luciano Veiga, destacou o projeto de criação de um observatório de políticas públicas e um núcleo de criação de projetos com o objetivo de potencializar as ações em cada município.

Dentre as sugestões, o gerente adjunto do Sebrae, Michel Lima sugeriu a oportunidade de centralizar uma agenda de eventos e serviços das entidades, para as pessoas se capacitarem e montar o próprio negócio. Ao mesmo tempo, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas - CDL de Itabuna, Carlos Leahy ressaltou a importância de realizar uma reunião mensal com o envolvimento de todas as entidades e ter um espaço para que o empreendedor possa sair do local com todas as informações.

O encontro ainda reuniu representantes da ACI, do Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista do Município de Itabuna (Sindicom), do Movimento Empresarial do Sul da Bahia (Mesb), do Fórum Empresarial do Sul da Bahia e da Associação das Micros, Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais do Estado da Bahia (Ampesba).

Programação

O Salão do Empreendedorismo é aberto ao público e acontece das 8 às 17 horas, com relatos de experiências de sucesso; debates sobre gestão, tendências de mercado e oportunidade de negócios; mesa de diálogo com jovens empreendedores da área de Tecnologia da Informação; desafio de soluções inovadoras para a cadeia produtiva do chocolate; e apresentação de iniciativas como o CrediBahia, os Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol), o programa Qualifica Bahia, o Contrate.BA e a Rede SineBahia.

 


___________

Texto: Viviane Cabral

A Pró-Reitoria de Extensão (Proex/Uesc), através do Programa AGIR, em parceria com a Associação do Municípios da Região Cacaueira (Amurc), com o Fórum de Secretários Municipais de Educação (Forsec) e a Câmara Técnica de Educação do Consórcio (CDS-LS), promoverá o II Fórum Regional de Educação do Litoral Sul da Bahia, no dia 10/09/2019, no Auditório Paulo Souto, na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Ilhéus – Bahia.

O Fórum abordará o tema “A Implementação da base Nacional Comum Curricular - BNCC e a Construção do Referencial Curricular: articulando a garantia dos direitos de aprendizagem e o desenvolvimento da Educação Básica” e terá como palestrantes: Profª Drª Alda Muniz Pepê, Profª MSc. Claudia Cristina Pinto Santos, Profª Esp. Zuma Evangelista Castro da Silva e Profª Drª Gilvânia Conceição Nascimento. No período da tarde acontecerão as oficinas temáticas com o tema principal.

O evento tem como público–alvo: Dirigentes Municipais de Educação, Gestores Escolares, Coordenadores Pedagógicos, Professores, Técnicos em Assuntos Educacionais, Assessores em Educação e Conselho Municipal de Educação.

Vestibular-Uesc-dia-16-1-4.jpg

O objetivo do Fórum é discutir e propor estratégias para garantir os direitos de aprendizagem e desenvolvimento através da construção do Referencial Curricular alinhado com a Base Nacional Curricular Comum, considerando as características territoriais dos municípios envolvidos.

A primeira edição do Fórum Regional de Educação do Litoral Sul da Bahia foi realizada no ano de 2018, também na Uesc, com tema “Implementação da Reserva Técnica – Desafios e Avanços” e contou com a participação de 73 municípios, ultrapassando assim, os limites territoriais.

O Fórum é uma iniciativa da Câmara Técnica de Educação do CDS-LS em parceria com o Forsec, Uesc/Proex, Amurc, Instituto Arapyaú, Nova Escola, Rede de Colaboração Intermunicipal de Educação e a Undime.

Para efetivar as inscrições basta acessar e preencher o formulário disponível na página do evento entre os dias 08 e 30/08.

Comissão Organizadora
E-mail para contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

As boas práticas nos municípios do Sul da Bahia e o envolvimento de atores no desenvolvimento das políticas públicas para o fomento aos micro e pequenos empreendedores é o foco do Encontro Empreender Regional, que começou nesta segunda-feira, 12 e encerra nesta terça-feira, 13, em Canavieiras. O evento que conta com a participação de secretários e técnicos municipais da região Sul da Bahia é uma realização da Prefeitura Municipal de Canavieiras e do Sebrae.

WhatsApp Image 2019-08-13 at 08.58.06 (1).jpeg

O seminário destacou o apoio a mobilização e o fortalecimento da rede de atores de desenvolvimento, entre eles, os gestoras públicos municipais, que de acordo com o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, têm o papel fundamental no cumprimento da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas para o desenvolvimento dos pequenos negócios, “e consequente desenvolvimento dos municípios da região através da formação das salas do Empreendedor e a contração dos Agentes de Desenvolvimento”.

O prefeito de Canavieiras, Clóvis Almeida ressaltou a importância do evento à nível regional, sediado pela primeira vez na cidade, em parceria com o Sebrae e o apoio da Amurc. Ele ainda destacou que todos os gestores devem priorizar as compras públicas dentro dos seus municípios. “Existe um estudo que cada real pago no município, esse dinheiro circula vinte vezes antes de sair da localidade”.

A gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo parabenizou a iniciativa de Canavieiras de abraçar a causa do empreendedorismo regional com o objetivo de fazer a transformação a partir dos micro e pequenos negócios. “O Seminário Empreender nasceu da possibilidade de reunir todos os agentes de desenvolvimento em uma rede de desenvolvimento regional, com o objetivo de viabilizar políticas públicas para os pequenos negócios”.

Segundo dados do Sebrae, o Território Litoral Sul é composto por aproximadamente 25 mil empresas, entre MEI, ME e EPP. Em Canavieiras, segundo o Agente de Desenvolvimento Thalles Santana, atualmente estão registrados até 2017, 358 pequenos empreendedores.

Palestras

Durante a programação, a gerente de políticas públicas do Sebrae Bahia, Cecília Miranda falou sobre o Programa Cidade Empreendedora com o foco em educação empreendedora, desburocratização, compras públicas, gestão municipal e energia.

O auditor estadual de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA), Adelmo Gomes Guimarães abordou o tema: Conhecendo o TCM-BA: estrutura e fiscalização dos recursos municipais. Já o secretário da Fazenda do município de Cantagalo, no Rio de Janeiro, Jorge Braz, falou do trabalho em conjunto com as entidades, com o objetivo de pensar os pequenos negócios de forma planejada.

Thalles Santana, Claudiana Figueiredo, Clóvis Almeida, Rebeca da Paz e Maurício Kruschewsky.jpeg
Thalles Santana, Claudiana Figueiredo, Clóvis Almeida, Rebeca da Paz e Maurício Kruschewsky

Representantes do município de Canavieiras e demais localidades, Amurc, Sebrae, TCM.jpeg
Representantes do município de Canavieiras e demais localidades, Amurc, Sebrae, TCM

 

Os prefeitos de Almadina, Milton Cerqueira e de Barro Preto, Ana Paula Simões assinaram nesta quinta (8) e sexta-feira (9), o Acordo de Cooperação Técnica com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), através de uma parceria firmada com a Associação dos Municípios da Região Cacaueira (Amurc) para o atendimento de serviços previdenciários nas localidades. As reuniões contaram com a presença da equipe de governo das prefeituras municipais.

Equipe do INSS, Prefeito Milton Cerqueira e representantes do município de Almadina e Luciano Veiga da Amurc.jpeg
Equipe do INSS, Prefeito Milton Cerqueira e representantes do município de Almadina e Luciano Veiga da Amurc

A iniciativa será implantada por meio do projeto de âmbito nacional “INSS Digital, uma nova forma de atender”, com objetivo de ampliar os canais de atendimento à população dos municípios da região. A nova ferramenta visa melhorar o atendimento, facilitar a vida do segurado, promover qualidade de vida para os seus funcionários e mitigar problemas como falta de agências físicas.

O gerente Miguel Ângelo Cardoso explica que o projeto abrange os municípios associados a Amurc, proporcionando a abertura de atendimento, evitando que pessoas residentes em municípios onde não há um posto do INSS possam requerer os benefícios e acessar os serviços previdenciários em um espaço que será disponibilizado pela prefeitura local.

“O município terá economia com despesas de transporte dessas pessoas. Sem falar que a permanência dos beneficiários alimenta o comércio local, onde não há um posto do INSS. A renda geral desses municípios gira em torno da folha de pagamento da prefeitura e os benefícios previdenciários”, declarou Miguel.

A educadora previdenciária Noélia Nascimento destacou que um servidor público designado pelo município será capacitado pelo INSS para analisar e digitalizar processos dos contribuintes locais, para depois encaminhá-los à instituição. O espaço deverá conter uma estrutura básica, com computador, acesso à internet e um scanner.

Para o secretário executivo da Amurc, Luciano Veiga, a iniciativa facilita a inclusão a quem mais precisa ao acesso rápido e eficiente à aposentadoria e também de caráter econômico, tendo em vista que “uma parte significativa da economia dos municípios estão equilibradas através dos valores oriundos destes pagamentos”, avaliou.

 Miguel, Noélia, Prefeita Ana Paula e o Secretário de Administração Adriano Clementino.jpeg
Miguel, Noélia, Prefeita Ana Paula e o Secretário de Administração Adriano Clementino


Prefeita Ana Paula de Barro Preto.jpeg
Prefeita Ana Paula de Barro Preto

 

 Prefeito Milton Cerqueira de Almadina.jpeg
Prefeito Milton Cerqueira de Almadina

 

 

 

 

 

 

A prefeita de Floresta Azul, Dra. Gicélia Santana, assinou na tarde dessa terça-feira, o convênio firmado com o Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e Companhia de Ações Regionais (CAR), para a reforma, cobertura e reestruturação do mercado municipal, feira livre de Floresta Azul.

WhatsApp Image 2019-08-07 at 07.36.06 (1).jpeg

O convênio no valor de R$ 955,000,00 (novecentos e cinquenta e cinco mil reais), prevê a conclusão dos boxes, cobertura, piso, canteiros, banheiros e diversas outras melhorias que transformarão a feira de Floresta Azul numa referência regional.

Durante a solenidade de assinatura do convênio a prefeita Dra. Gicélia Santana destacou a importância da reestruturação e reforma da feira, que será um marco na história da cidade e vai garantir um espaço muito melhor para os feirantes. Além disso, ela explicou que a nova feira vai atrair muito mais consumidores, melhorando ainda mais a qualidade dos produtos e movimentando a economia da cidade.

As obras deverão ser iniciadas já nos próximos dias para que muito em breve a comunidade de Floresta Azul possa comemorar mais essa vitória.

A solenidade de assinatura do convênio contou com a presença do Secretário de Desenvolvimento Rural, Josias Gomes, do diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, do deputado estadual, Rosemberg Pinto e do ex-prefeito Carlos Amilton (Garrafão).

Parabéns prefeita Gicélia Santana pela dedicação e o empenho na administração de Floresta Azul. Verdadeiramente esse é o governo A Cidade Avança Cuidando do Povo.
Matéria: Adenaldo JR

Os estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional (CETEP) Médio Sudoeste da Bahia, localizado na cidade de Itororó (a 540Km de Salvador), vão ganhar um novo campo para estágio das aulas práticas de seus cursos. Trata-se do Jardim Botânico Edmundo Ferreira Silva, que será construído na fazenda Cabana da Ponte, em parceria com o instituto homônimo, com intervenções diretas dos estudantes e professores do CETEP. A ação, de caráter pedagógico, educativo, social e ambiental, visa a preservação do meio ambiente e dos recursos naturais da região, promovendo o bem-estar da sociedade local por meio de práticas de sustentabilidade.

O jardim botânico levará o nome do orquidófolo Edmundo Ferreira Silva, filho de Itororó, radicado em São Paulo, que tem cerca de 20 espécies registradas com o seu nome. Autodidata, o pesquisador perseguiu sua curiosidade e acabou descobrindo espécies até então consideradas inexistentes. No ato simbólico de criação do futuro espaço, na sexta-feira (2), a estudante Maria Eduarda de Almeida, 15, 1º ano do curso de Zootecnia, falou sobre a sua expectativa de estagiar no local e enriquecer o seu currículo profissional “Participar da construção e manutenção do jardim botânico será, além de prazeroso, um ganho de experiência, colocando a gente à frente, profissionalmente”.

A aluna conta que os trabalhos já começaram com o mapeamento e a demarcação da área, com colocação de estacas ecológicas, feitas com garrafas PET. “Plantamos algumas mudas de palmeiras imperiais, como Pau-Brasil; acácias; e algumas plantas medicinais. Já começamos a construção do orquidário e de um viveiro”, pontua. O professor e coordenador do eixo de Recursos Naturais do CETEP, Allan Silva, destacou a importância das ações no jardim para o crescimento profissional dos estudantes. “As atividades serão como uma extensão das aulas vistas em sala de aula e servirão de contribuição para o crescimento profissional dos nossos alunos. No local, vamos fazer um belo trabalho ambiental, com a criação de composteira e sementeira”, destaca.

O ambiente será dividido em quatro biomas, com o plantio de cerca de 1.800 árvores de 120 espécies, além da criação de um lago para a irrigação das plantas. Ainda no projeto do jardim será criado um espaço para a criação de gados para a prática de aulas no local. O processo de construção do jardim botânico foi explicado pela diretora da unidade, Sirlene Pereira. “O jardim será construído em uma área de quatro hectares de terra que foram cedidos pela administração da fazenda e ficará sob os cuidados dos nossos estudantes, dos cursos técnicos em Agroecologia, Zootecnia e Meio Ambiente, sob a supervisão dos professores. Será o momento de eles mostrarem, na prática, tudo que estão aprendendo em sala de aula, trabalhando a sustentabilidade”.

67508542_2399169836992641_1138601551066038272_n-e1565058747193.jpg

Fonte : Políticos do Sul da Bahia

Com o objetivo de capacitar técnicos e gestores municipais na área de gestão integrada de resíduos sólidos, professores da Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB apresentaram uma proposta de curso de especialização nesta quinta-feira, 1, durante uma reunião com o secretário executivo da Associação dos Municípios da Região Cacaueira - Amurc, Luciano Veiga.

WhatsApp Image 2019-08-02 at 08.50.49 (1).jpeg

 

De acordo com o professor e Decano do Centro de formação e Tecno-ciências e Inovação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Marcelo Soares Teles Santos, o curso visa dá uma visão geral de como os gestores poderiam gerar e gerenciar os planos municipais de saneamento. “A ideia é conseguir fazer com que os municípios tenham autonomia para gerar e gerenciar seus próprios planos”.

A especialização contempla a carga horária de 360 horas, com vários professores da área de resíduos sólidos, como engenheiro sanitarista, engenheiros ambientais e administradores na área de cooperativa de associações.

Além disso, a UFSB tem o curso de engenharia sanitária ambiental, o curso de logística e transporte e o curso de engenharia ambiental da sustentabilidade. Nesse sentido, a ideia é que a infraestrutura desses cursos permita a inclusão de um curso específico na área de gestão de resíduos sólidos para municípios.

Para Luciano, a proposta da universidade vem fortalecer o projeto da Amurc, de eliminação dos lixões a partir da participação dos próprios técnicos e gestores municipais. “A parceria vem momento em que está sendo criada uma estrutura de transformação de resíduos sólidos e educação ambiental com o envolvimento dos municípios associados”, reforçou o secretário executivo.

Desde 2011, o acesso do servidor público municipal e seus dependentes ao Ensino Superior tem sido facilitado através de uma parceria firmada entre a Associação dos Municípios da Região Cacaueira - Amurc e as faculdades particulares, que garante descontos em mensalidades.

Claudineia Souza Balduíno e Kaylla Bauduíno.jpeg

Nesta quarta-feira, 31, a estudante do 7º semestre do curso de Fisioterapia da Unime, Kaylla Balduíno Mateus esteve na sede da Amurc para ter acesso, mais uma vez, ao desconto de 20 % na mensalidade, que é concedido a sua mãe, professora do município de Ibicaraí, Claudineia Souza Balduíno.

De acordo com a servidora municipal, “o desconto é uma ajuda importante, pois já investimos no transporte diário da minha filha, de Ibicaraí para Itabuna”, declarou Claudineia. Além de Ibicaraí, mais de 30 municípios da região fazem parte do projeto que beneficia milhares de estudantes.

Segundo o presidente da Amurc e prefeito de Firmino Alves, Aurelino Cunha, esse convênio com as faculdades “visa proporcionar ao servidor e seus familiares, acesso e aperfeiçoamento técnico profissional”. Ainda segundo ele, a Amurc tem atuado na defesa e inclusão da Educação Superior na região em todos os níveis. “Estamos propondo cursos de especializações e debatendo os problemas da educação com os governos Estadual e Federal”, concluiu.

Como acessar

Para ter acesso ao desconto, o beneficiário precisa ser funcionário público ou possuir parentesco em primeiro grau deste profissional, atuante em um dos municípios associados a Amurc, apresentar o contracheque e o documento de identidade na sede da Associação, localizada na rua Almirante Tamandaré, nº 405 – centro de Itabuna. Para mais informações, o contato pode ser feito pelo telefone: (73) 3613-5114.

AMURC
Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia

(73) 3613-5114
Rua Almirante Tamandaré, 405 - Duque de Caxias
Itabuna - BA, 45600-741 

© Copyright 2018 AMURC  | Todos os direitos reservados

Desenvolvido por: logo oxente n